Skip to content

Como escolher WordPress Themes – O Guia Absolutamente Completo

Você pensou em fazer seu blog, comprou uma hospedagem e instalou o seu WordPress. Agora você pensa em colocar um layout bonito e atraente para conseguir visitantes, mas você sabe como escolher os WordPress Themes?

Continue lendo para saber mais como escolher o seu WordPress Theme perfeito. Nesse artigo vou abordar:

#O que são WordPress Themes?

#Tipos de WordPress Themes

#Temas Pagos vs Gratuitos

#Como escolher um WordPress Theme perfeito?

#Dicas de WordPress Themes

O que são WordPress Themes?

o que é wordpress tehmes

Para começar vou trazer uma definição do que é o tal do WordPress retirado do site WordPress Brasil:

“O WordPress é uma plataforma semântica de vanguarda para publicação pessoal, com foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. Ao mesmo tempo é um software livre, gratuito e feito por você. Em outras palavras, o WordPress é o que você usa quando quer trabalhar e não lutar com seu software de publicação de conteúdo, sendo hoje a maior plataforma de Gerenciamento de Conteúdo do mundo, com quase 70% do mercado.”

Logo podemos pensar que o blog é um carro, o WordPress seria como um motor, um tema seria a lataria para esse motor. Mas, diferente de um carro no WordPress você pode mudar essa lataria.

Um WordPress Theme, fora a aparência do site, ele traz um conjunto de funcionalidades para ajudar-lhe no dia-a-dia, como configuração no layout, widgets (são uma espécie de bloquinhos de funcionalidades), cores ou até funcionalidades mais especificas como formulários de contatos e SEO.

Tipos de WordPress Themes

Tipos de temas wordpress

Temas gratuitos

Muitas vezes é a porta de entrada para quem começa nesse universo do WordPress, pois obviamente eles são grátis! 🙂

Existe de certa forma um mito que temas gratuitos nunca são tão bons quantos aos pagos, falo que isso é um grande equivoco. Existem muitos temas gratuitos com boas customizações de usabilidade e são atualizados constantemente por uma comunidade de desenvolvedores.

Porém, o ponto que fica é que existem milhões de temas gratuitos, muitas vezes eles são descontinuados ou até abandonados por seus mantedores, por conta disso o estigma que temas gratuitos não são bons.

A dica é pesquisar bastante sobre o tema, ver se existe alguma comunidade na internet que mantém e se ela ainda está ativa, na pior das hipóteses você pode continuar a manter seu tema com a ajuda de um webdesigner.

Temas Premium

Temas premium são temas que você paga para baixá-los, você vai ter um suporte, muitas vezes quem cria já pensa em várias opções de customização e na usabilidade. Mas, muitas pessoas defendem que temas premium são o melhor que existe na internet, você paga e ele já vem com todas as melhores práticas de desenvolvimento do mercado, otimização para seo e etc.

Isso não é uma verdade, pois nem todos os temas pagos realmente são bons, muitas vezes, assim como temas gratuitos o mantedor do tema se cansa e larga o projeto e você fica a ver navios.

Para evitar esses problemas muitos sites que vendem temas premium como o theme forest já estão fechando um plano de suporte a parte, para que o desenvolvedor continue recebendo pelas manutenções do seu template.

Existe o fato que alguns desenvolvedores só se preocupam em deixar um tema bonito e quando você vai testar no google page speedy ele vem com notas medíocres, com justificativa relacionada a programação do tema.

A dica para temas premium é muitas vezes pesquisar, ver quem usa, analisar os sites com ferramentas de performance e verificar se as features te atendem. Também há algumas empresas que dão a opção de você comprar o tema e se não gostar pedir o dinheiro de volta, então fique de olho!

Temas Freemium

Vejo que é um formato que está tornando-se cada vez mais utilizado. Ele consiste em lhe dar o tema com as features parciais, onde se você necessitar das outras features eles liberam mediante a um pagamento.

Há também algumas empresas que dão o tema gratuitamente mas, caso precise de suporte você paga um plano anual para poder usufruir de um suporte.

Pra mim a grande vantagem desse formato é que você pode testar tranquilamente o tema, caso goste pode optar em pagar para ter mais recursos e suporte.

Frameworks

Frameworks são um formato de temas que possui dependências. Esses temas colocam todo o Core de funcionalidades e facilidades na sua framework, suportando o usuário com as features que ele necessita através de Child Themes.

Aqui posso dizer que o céu é o limite, pois existem frameworks que você não precisa saber nada de programação onde literalmente você desenha os layouts. Há também temas que te dão uma “casca” básica e você precisa montar as features.

Aqui há uma grande variação algumas frameworks são gratuitas e possuem temas premium, outras possuem tanto a framework quanto o tema pagos e outras por outro lado são totalmente gratuitas.

Hoje todos os sites sejam de clientes ou meus, possuem uma framework, eu gosto muito delas pela versatilidade e a garantia que são temas de alta performance.

Temas sob demanda

Esse tipo de tema você paga a um webdesigner e ele faz um tema totalmente personalizado para você.

A grande vantagem é que seu tema será único, ninguém na internet terá um tema igual ao seu, além de projetá-lo com todas as features necessárias para sua necessidade.

Aqui existem algumas armadilhas, pois muitos “especialistas” em desenvolvimento de temas, lhe dão um tema que não é otimizado ou até uma simples cópia do tema que eles desenvolveram para o seu próprio site, sem nenhuma opção de customização.

A dica é negociar muito bem, buscando não pagar o tema totalmente antes da entrega, também é importante fechar um contrato de suporte e de atualizações do tema para seguir as tendências do mercado. Isso vai ajudar a evitar muitas dores de cabeça.

Temas Pagos vs Gratuitos

gratuito vs pago

Você pode se perguntar, vale mais a pena pagar por um tema ou pegar um gratuito? E lhe dou a resposta mais irritante do mundo depende.

Seja um tema puro ou uma framework, você vai perceber que temas pagos possuem um marketing maior, então você vê eles mais pela internet, sendo que isso não é um sinônimo de qualidade do tema. Logo, é mais fácil achar um tema de qualidade pago por conta desse marketing que em algum momento pode te atingir.

Então não desanime, o segredo é pesquisar bastante sobre os melhores temas pagos e free para decidir qual opção vai lhe atender melhor.

Para te ajudar vou deixar algumas dicas de bons temas de cada tipo. Você pode testar todas as opções gratuitas que você achar relevantes antes de partir para um tema pago.

Como escolher o tema perfeito?

escolher tema perfeito

Você deve estar esperando como conseguir escolher um tema que se encaixe perfeitamente no seu projeto não? Então vou dar 4 dicas simples para você pensar, antes de adquirir um tema.

1 – Qual é o objetivo do seu projeto?

Você vai fazer um blog? Um site institucional da sua empresa? Vai colocar seu portfólio de fotos ou eventos? Vai vender um produto?

Sabendo o objetivo que quer chegar, você vai conseguir estruturar que tipo de funcionalidades você vai precisar, no caso do produtor ninja, o objetivo é ser um blog, então pensamos em um tema de formato de blog. Já o site da abrago que é uma associação pensamos fazer uma página institucional com um espaço para notícias.

O que quero te mostrar com o exemplo acima é que não adianta buscar um tipo de tema especializado para blogs, para fazer uma página institucional, isso vai acabar fazendo você gastar mais tempo e tendo o mesmo resultado com um tema especializado.

2 – Pense nas funcionalidades

Sabendo o objetivo do seu projeto, você precisa pensar nas** funcionalidades que necessita**.

Um exemplo é o site do serounaosei.com, que antes colocava um tema focado em portais de notícias. Mas, esse não é bem o objetivo dele, ele tem um foco maior em artigos de entretenimento como análises e resenhas. Sendo assim eu precisaria apenas de um tema simples de blog sem muitas opções.

Logo, o meu foco seria ter opções como criar headers customizados (para vender os produtos), alteração das cores do layout, uma opção de posts populares, formulário de contato, customizado para seo, responsivo (muito importante) e uma opção de customização da logo.

Você pode observar que no site há uma opção de galeria de eventos, mas como creio que ela vai ser descontinuada, eu não busquei no tema uma solução. Caso mude de ideia teria que recorrer a um plugin ou alterar o tema.

Então a dica é sempre** listar tudo** que você pensa em mostrar que é útil em questão de layout para o seu público e buscar isso no tema.

3 – Menos é mais!

Eu sempre achei esse conceito uma besteira, mas desde que diminui o número de itens dos blogs com que trabalho a conversão aumentou muito! Pense que se você coloca muita informação no seu layout, como nuvem de tags, acessos pelo mundo e etc. Só irão poluir o seu site.

Se você é fotografo e quer montar um site com o seu portfólio, você não precisa colocar a cotação do ibovespa, um banner de um produto que ensina ganhar dinheiro com internet e outras bugigangas que vemos por ai.

Ao contrário, você colocar algumas páginas e com as suas informações, um formulário para contrata-lo e uma galeria de imagens e talvez um slide show na página inicial.

Pense sempre em manter o seu visual o mais limpo possível.

4 – Cuidado com os plug-ins

Aqui é um assunto bem polemico, muitos vão lhe falar que o tema tem que conter tudo, outros que tem que usar todas as funcionalidades possíveis em plugin.

Minha opinião é que o tema tem que ser responsável por customizações que influenciam o layout, coisas como SEO, comentários e compartilhamento podem ser usados através de plug-ins.

No caso de galerias de imagens tenho um problema, como citei acima, eu mudei o tema e a funcionalidade de galeria de imagens estava nele, então essa funcionalidade acabou me dando uma baita dor de cabeça. Vale a reflexão pois, em algum momento da vida do seu blog você vai acabar mudando de tema e é bom refletir se vale a pena ou não ter a funcionalidade em um plugin.

Dicas de temas

dicas temas wordpress

Como prometido trago algumas sugestões de temas:

1 – Temas Free

Wp-Premium: Tema gratuito do site templatic, um tema responsivo, com widgets de autor, ultimos posts, formulário de contatos e mídias sociais. Possui várias opções de customização de cores e uma integração com o plugin do Yoast SEO.

Sparkling: Um dos melhores temas free que já conheci, ele pertence a colorlib, com um desing bem limpo, responsivo, muitas opções de customização e criação de botões personalizados se torna uma ótima opção para blogs, se você é um iniciante é um bom tema para se começar.

2 – Temas Freemium

Access Press Lite: Um tema freemium que é multi proposta, ou seja você tem a opção de criar um blogs de objetivos diferentes com o mesmo tema. A versão free dele possui várias customizações, chamadas para a ação, preparado para seo e etc. Caso queira mais funcionalidades eles dão a opção paga que ainda oferece um suporte premium.

3 – Temas pagos

Épico: Esse tema da uberfácil tem como idealizador o Henrique Carvalho do viver de blog. Esse tema já tem funcionalidades para criar landing pages, alteração das cores, criar botões personalizáveis sendo ideal para blogs. Você paga um valor anual para manter o suporte e as atualizações, digo que seu principal foco é na usabilidade de quem configura o tema e no desing.

UDesing: Se o épico é focado em usabilidade e desing o Udesing é focado em performance, ele possui um código limpo, conseguindo mais de 90 pontos no google page speedy. Esse tema é considerado um “tudo em um” então você tem essa versatilidade de atender objetivos variados, ele possui fórum para tirar dúvidas fora o suporte de 12 meses podendo estender pagando um valor de U$23,00 por ano.

4 – Frameworks

Genesis framework: Genesis é a framework mais popular na atualidade para WordPress, ela possui um core, onde é suportada por um grupo de plug-ins que existem diretório do WordPress e outros plugins premium. Ele possui um código otimizado, já é preparado para o seo, podendo se integrar facilmente com o Yoast. Uma curiosidade é que o próprio site do Yoast usa um tema que eles criaram com o Genesis.

Posso destacar o tema free CopyBlogger 2 http://www.wpstuffs.com/copyblogger/ e o tema pago Eleven 40 http://my.studiopress.com/themes/eleven40/

Odin framework: A Odin framework é desenvolvida pelo grupo do WordPress Brasil, sendo feita para facilitar o desenvolvimento de novos temas. Por conta disso, se você quer começar seu próprio tema ou quer contratar uma empresa/freelancer para fazer um tema personalizado eu recomendaria que fosse feito através dessa framework, lhe facilitaria muito a vida com atualizações.

Headway Framework: Essa framework foi feita para você que não sabe nada de desenvolvimento, mas sabe muito bem qual é o desing que precisa para o seu projeto. Pois, ele é feito totalmente para ser drag and drop ou seja você pode ir arrastando e soltando todos os elementos do layout e desenhando a pagina conforme você desejar.

Conclusão

Conclusão wordpress themes

Claro que é muito difícil te indicar exatamente o tema x ou y para você. Pois, existem vários negócios diferentes. Logo, trouxe para você o caminho das pedras para lhe dar opções de como buscar alternativas e algumas indicações.

Espero que você consiga achar o melhor tema para seu projeto com a ajuda desse post. Comente dando seus elogios, dúvidas, críticas e sugestões e não esqueça de compartilhar esse post para ajudar outras pessoas também.

Published inUncategorized